0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Email -- LinkedIn 0 0 Flares ×

Ano regido pelo Astro Sol,
pelos Arcanos Julgamento, Torre, Eremita
e o Número 9

Neste ano de 2016, estamos numa reta final de mudanças na transição planetária onde devemos entrar em contato e expressar nossa verdadeira essência Divina.

O Julgamento é o Arcano regente desse século, regendo para que nos libertemos de todos os entrelaçamentos cármicos, fazendo transformações em todos os setores de nossas vidas que não condizem com nossa Alma e com a nova Era do Amor. É o tocar da trombeta, um chamado do universo para que percebamos a necessidade de liberar todas as couraças de subterfúgios que fomos colocando ao redor de nós para conseguirmos viver na coletividade camuflando nossa verdadeira essência.

Devemos fazer uma avaliação dos rumos da existência liberando tudo o que não traz crescimento espiritual, para um renascimento pleno com nosso Eu Superior.  É a redenção mesmo.

O número 9 faz com que todos as questões não resolvidas, sejam desta ou de outras encarnações, sejam trazidas a luz para serem olhadas e resolvidas. Teremos que de sair de cima do muro e acertar tudo que está pendente.

O Eremita nos remete a introspecção, a fazer uma jornada interior fazer uma auto avaliação e ver o rumo que estamos dando a vida. É essencial irmos ao encontro da nossa Alma para descobrirmos a sabedoria interior, nos libertarmos das crenças limitantes, e de tudo o que nos foi imposto e que não condiz com nossa Alma, seja de forma desejada ou forçada desprendermo-nos do passado nos apoiando na vida atual e encontrarmos a Luz interna em busca da porta de entrada para o autoconhecimento e evolução rumo a nossa essência espiritual Divina.

A Torre vai destruir tudo aquilo em que estamos agarrados como subterfúgio, rompendo todas as formas aprisionadas, toda rigidez e parâmetros internos que não evoluem, para serem liberadas, para um novo início de evolução espiritual. Redirecionar nosso caminho para o que realmente viemos fazer aqui.

A Torre faz a remoção drástica daquilo que deveríamos abrir mão, mas por dependência, acabamos não soltando.
É o momento dsoltaroe fazer um movimento de aprendizado e transformação, criar um novo caminho através do Amor.

O Sol é a necessidade do equilíbrio, da complementaridade com o Cosmo, com o Divino, do encontro com nossa essência.

Devemos nos desapegar do ego, arrogância, prepotência e necessidades de competições. Aprendermos a ser Amor.

A transição planetária é um acontecimento inevitável que já está ocorrendo, é um período de acontecimentos e ajustamentos planetários necessários que porão fim ao atual estado da nossa civilização que precisa sofrer uma grande modificação e dar início a um novo ciclo evolutivo para o qual devemos estar preparados (física, mental e espiritualmente) aumentando o nosso estado de vibração. Para isso todos devemos mudar nossos hábitos e pensamentos diários, se aprimorar o máximo para estimular o lado amoroso, o lado desapegado, o lado compassivo, tolerante, paciente, desenvolver a nossa conexão com Deus, ancorando nesse corpo nossa consciência Divina, nossos corpos de Luz, que possamos ser guiados internamente pela nossa consciência Superior, para um Mundo mais evoluído.

Então, é essencial que façamos mudanças por nós mesmos não esperando que comece tudo a ruir para mudar, evitando assim sofrimentos maiores.